Como montar o quarto ideal para dois filhos

Via O Estadão

O segundo filho está a caminho e as dúvidas de como montar um quartinho para dois começam a surgir. Colocar cama e berço? Deixar somente uma beliche? E os armários? A decoração pode ser de bebê e para uma criança maior? Menino e menina? A principal questão, no entanto, está no aproveitamento do espaço. Confira abaixo três dicas para criar um ambiente incrível para seus filhos. 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @anelisalopes)

Beliche sob medida permite versatilidade na parte de baixo (foto: arquivo pessoal)

Cantinho para desenho é importante para acalmar a agitação do dia a dia (foto: arquivo pessoal)

  1. Layout dos móveis

Caso ainda não haja marcenaria planejada, preveja dois armários de uma ou duas portas para cada filho, levando em consideração roupas, sapatos, fraldas e acessórios. A não ser que já exista um trocador do tipo cômoda que será mantido, pense que o aproveitamento de espaço vertical é melhor que o horizontal. Além disso, depois do desfralde, o trocador não cumprirá mais seu papel principal. 

A beliche é o melhor recurso para a circulação do espaço. Se for feita sob medida, ainda permite o encaixe de um berço/poltrona de amamentação e, posteriormente, de uma cama à parte na parte de baixo. A escada ainda pode ser montada com nichos ou gavetas e, se for do tipo marinheiro, serve de base para prateleiras na parte interna. Se houver espaço no local, crie um cantinho com uma mesa, duas cadeiras e um lixo para desenhar e pintar. 

Projeto com base neutra serve tanto a meninos como meninas (imagem: arquivo pessoal)

A não ser que o trocador seja herança do mais velho, opte por um móvel vertical para melhor aproveitamento do espaço (imagem: arquivo pessoal)

  1. Decoração neutra 

Animais, espaço, floresta ou simplesmente um jogo de cores podem servir de base neutra para a decoração de quartos que servem tanto para meninos como para meninas na primeira infância, ou seja, até pelo menos os seis anos de idade. Uma boa e econômica ideia também é usar os brinquedos como parte da decoração. Nesse caso, para não haver excesso de informação, opte por uma ou duas cores para o cômodo. PUBLICIDADE

  1. Organização é palavra de ordem 

Programe uma organização e “limpeza” do espaço para cada quatro meses. E isso inclui brinquedos, roupas e sapatos. As crianças crescem e mudam de fases, então, não há motivo para entulhar ou acumular itens sem necessidade. Crie o hábito de ensiná-las a escolher e doar o que não usam mais. 

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.